Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, segunda, 19 de novembro de 2018

Filha viu ex-marido de irmã de Ângela Bismarchi invadir a casa armado

16 JUN 2012Por g116h:19

A filha adotiva de Angelina Filgueiras disse, em depoimento à polícia neste sábado (16), que presenciou a hora em que Márcio Luiz Dias Fonseca, ex-marido da vítima, irmã da modelo Ângela Bismarchi, invadiu a casa onde elas moravam, com uma arma em punho. Márcio entrou na casa, em Piratininga, Niterói, na Região Metropolitana do Rio de Janeiro, utilizando uma escada para chegar ao segundo andar e pulando a janela do quarto onde estava a menina.

Após a invasão, na noite de sexta-feira (15), a adolescente correu e se trancou no banheiro. Ela contou que ouviu os tiros, que terminaram com a morte de Angelina e Márcio. As informações são do delegado Gabriel Ferrando de Almeida, titular da 81ª DP (Itaipu), na Região Oceânica de Niterói.

De acordo com o delegado, Márcio teria parado o carro afastado da casa de Angelina, o que reforça a tese de um crime premeditado. “Foi uma ação premeditada, fria e cruel”, afirmou Ferrando.

“A jovem está muito abalada. Ela ficou em estado de choque”, acrescentou o delegado. “Ela presenciou o começo da luta corporal, mas depois ficou escondida, trancada no banheiro e não viu os tiros: só ouviu”, complementou Ferrando.

O delegado contou ainda que segundo o depoimento de Jolmar Alves Milato, namorado de Angelina, após a invasão, houve uma briga entre os três. Segundo o depoimento, Angelina, que era policial federal, acabou conseguindo desarmar o ex-marido.

“Jolmar contou que após Angelina dizer que se mataria caso a briga não parasse, ela teria disparado conscientemente contra o próprio peito”, afirmou o delegado.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também