Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

samba no pé

Filha de Che Guevara desfila em tanque de guerra no Carnaval

4 MAR 11 - 22h:30folha ilustrada

A filha do guerrilheiro argentino Che Guevara (1928-1967), quem diria, vai cair no samba. Aleida, 50, é convidada de honra da escola Unidos da Ilha da Magia, de Florianópolis, e vai desfilar em um carro alegórico em formato de tanque de guerra, na madrugada de domingo.

A presença dela é parte da homenagem que a escola faz à Revolução Cubana no Carnaval deste ano.

Segundo a escola, Aleida, que é médica em Cuba, desembarca em Florianópolis com o cônsul da ilha em São Paulo, Lázaro Mendez Cabrera, nesta sexta-feira, e concede entrevista coletiva. O consulado confirma a informação.

Segundo o presidente da escola, Vamir Bráz de Souza, não é só a revolução de 1959 que vai ser homenageada, mas o povo de Cuba, que há mais de 50 anos é governado pela ditadura dos irmãos Fidel e Raúl Castro.

Souza diz que o desfile não tem conotação ideológica. "Mas era impossível falar de Cuba sem falar da revolução e seus ganhos", afirma.

Com três anos de existência, a escola conquistou o vice-campeonato em 2010. Neste ano, 2.500 pessoas vão desfilar pela agremiação, que terá três carros alegóricos e tripés com figuras como o herói da independência cubana José Martí (1853-1895) e os irmãos Castro.

Os temas das fantasias são tão amplos quanto "rumba" e "nacionalização das empresas estrangeiras". Até quarta-feira (2), a única fantasia ainda à venda era a "Tio Sam", nas cores da bandeira dos Estados Unidos.

Já o samba-enredo mistura alegria e Carnaval com o sistema de saúde cubano. Outro trecho fala do "preço" da revolução ("Um preço a pagar, não vou negar, mas a comunidade em primeiro lugar").

Segundo Souza, é uma referência às mortes na derrubada do regime de Fulgencio Batista. "Toda revolução tem um preço. Queríamos que o enredo fosse discutido, e mostrar que lá existe saúde e educação para todos."

Segundo a escola, o desfile será financiado por governo do Estado, prefeitura, incentivos da Lei Rouanet e venda de camisetas e fantasias. "Cuba nem tinha como nos ajudar", diz o presidente.

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Estado avança e chega ao 5º lugar <br>no ranking de competitividade
NACIONAL

MS avança e chega ao 5º lugar no ranking de competitividade

Confira ruas que serão interditadas no fim de semana
CAMPO GRANDE

Confira ruas que serão interditadas no fim de semana

IMPOSTOS DE RENDA

Receita Federal envia cartas a cerca de 330 mil contribuintes

BRASIL

Em crise, grupos do PSL se reúnem para tratar de disputas de poder

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião