Sábado, 16 de Dezembro de 2017

VENDA DE NEYMAR

FIFA se nega entregar dados à Justiça espanhola

31 JAN 2014Por FOLHA PRESS15h:00

A Fifa foi procurada pela Justiça espanhola em busca de detalhes da polêmica transferência do atacante brasileiro Neymar do Santos para o Barcelona.

A pedido do juiz Pablo Ruz, a Real Federação Espanhola de Futebol solicitou que a entidade abra os valores envolvidos no negócio disponíveis no TMS (Transfer Matching System), seu sistema online de transferências de jogadores.

A informação foi confirmada pela assessoria de imprensa da Fifa. A entidade, porém, recusou a abertura das contas e disse que "só irá disponibilizar informação confidencial se for notificada por canais jurídicos internacionais."

As diferentes versões sobre custo da contratação de Neymar fizeram a Justiça espanhola abrir uma investigação para descobrir quanto o Barcelona gastou com o negócio.
Inicialmente, a diretoria catalã afirmava que havia desembolsado 57,1 milhões de euros (R$ 186,3 milhões) pela transferência.

Na semana passada, já em meio à crise que levou à renúncia do presidente Sandro Rosell, o Barcelona admitiu que, contando pagamentos de comissão e parcerias comerciais com Santos e e o pai de Neymar, o negócio alcançou a casa de 86,2 milhões de euros (R$ 281 milhões).
 

Leia Também