3ª MORTE

Fifa lamenta morte de operário na Arena AM

Fifa lamenta morte de operário na Arena AM
10/02/2014 00:00 - band


O secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke, lamentou a morte de mais um operário nas obras da Arena Amazônia. Antônio José Pita Martins tinha 55 anos e sofreu um acidente fatal na manhã da última sexta-feira, quando desmontava um guindaste de grande porte na área externa do estádio em Manaus, uma das 12 sedes da Copa do Mundo.

"A Fifa lamenta a morte do operário que trabalhava na desmontagem de um guindaste que foi utilizado na construção da cobertura da Arena Amazônia", escreveu Valcke em seu Twitter, em inglês e português.

"É com grande tristeza que enviamos nossas sinceras condolências à família", completou o dirigente, principal responsável na entidade pela organização da Copa no Brasil.

Essa foi a terceira morte registrada em acidentes na construção da Arena Amazônia - as outras duas foram no ano passado -, sem contar um operário da obra que também morreu após sofrer problemas cardíacos no local.

No total, acidentes em estádios que estão sendo construídos ou reformados para receber a Copa no Brasil provocaram seis mortes de trabalhadores.

smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".