sexta, 20 de julho de 2018

Corrupção

Fifa divulga comunicado encerrando caso sobre denúncia da BBC

30 NOV 2010Por DA REDAÇÃO10h:31

A Fifa se pronunciou hoje sobre a denúncia feita pela rede britânica BBC de um suposto pagamento de propina a três membros da entidade, incluindo o presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Ricardo Teixeira. O órgão máximo do futebol se defendeu lembrando que o caso já foi julgado e encerrado.

Segundo o programa Panorama, da BBC, Teixeira teria recebido US$ 9,5 milhões (aproximadamente R$ 16 milhões) da ISL, empresa que negociava os direitos de transmissão da Copa e faliu em 2001. Os nomes do presidente da Conmebol, Nicolas Leoz, e do presidente da Confederação Africana, Issa Hayatou, também são citados.

Em nota, a Fifa declarou que o assunto é referente a um caso que foi investigado há anos pelas autoridades da Suíça: “Em seu veredicto de 26 de junho de 2008, o Tribunal Criminal de Zug não condenou qualquer funcionário da Fifa”.

“É importante ressaltar novamente o fato de que nenhum funcionário da Fifa foi acusado de qualquer crime no mesmo processo. Além disso, é importante lembrar que a decisão foi tomada sobre assuntos que ocorreram antes do ano 2000, e não houve nenhuma condenação judicial contra a Fifa. O caso está definitivamente encerrado”, concluiu o comunicado. 

Leia Também