Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

FHC diz que Lula mente e "inventa inimigos"

8 FEV 10 - 07h:02
O ex-presidente da República Fernando Henrique Cardoso criticou as discussões pré-eleitorais que comparam a sua gestão (1995-2002) ao governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (2003-2010). Em artigo publicado na edição de ontem do jornal O Estado de S.Paulo, FHC diz que Lula “passa por momentos de euforia que o levam a inventar inimigos e enunciar inverdades”. O ex-presidente antecipa que o PT deve ter como alvo nas discussões eleitorais as críticas ao governo “neoliberal” do PSDB, lembrando a privatização das estatais e a suposta inação na área social. FHC, no entanto, afirma que os dados dizem outra coisa. “Há três semanas, Lula disse que recebeu um governo estagnado, sem plano de desenvolvimento. Esqueceu-se da estabilidade da moeda, da lei de responsabilidade fiscal, da recuperação do BNDES, da modernização da Petrobras, que triplicou a produção depois do fim do monopólio e, premida pela competição e beneficiada pela flexibilidade, chegou à descoberta do présal”, diz FHC no texto. A crítica do tucano é por uma suposta “autoglorificação” de Lula, que pratica uma espécie de terrorismo eleitoral. “Houve quem dissesse ‘o Estado sou eu‘. Lula dirá o Brasil sou eu! Ecos de um autoritarismo mais chegado à direita”, escreve. Na última sexta-feira, em evento em São Paulo, o governador José Serra (PSDB), précandidato tucano à Presidência, já havia feito a ligação de Lula com atitudes autoritárias. Na ocasião, Serra criticou ponto do Plano Nacional de Direitos Humanos. A ntecipando o embate PSDB-PT que acontecerá durante a campanha eleitoral, FHC diz “não temer o passado” e que a briga eleitoral deverá ser boa. “Eleições não se ganham com o retrovisor. O eleitor vota em quem confia e lhe abre um horizonte de esperanças. Mas se o lulismo quiser comparar, sem mentir e sem descontextualizar, a briga é boa. Nada a temer.”
Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Em MS, três deputados e um senador defendem mais verba pública nas eleições
FUNDO PARTIDÁRIO

Em MS, três deputados e um senador defendem mais verba pública nas eleições

Com mais prazo, obra do Aquário fica longe do fim
PARADA

Com mais prazo, obra
do Aquário fica longe do fim

Excesso de emendas desfigura reforma da previdência
SERVIÇO PÚBLICO

Excesso de emendas desfigura reforma da previdência

Prefeitura garante pagamento do 13º salário no dia 20
SERVIDORES MUNICIPAIS

Prefeitura garante pagamento do 13º salário no dia 20

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião