sábado, 21 de julho de 2018

dados

FGV prevê crescimento de 7,5%

20 NOV 2010Por Rio (AE)01h:50

O Instituto Brasileiro de Economia (Ibre) da Fundação Getúlio Vargas (FGV) prevê um crescimento de 7,5% do Produto Interno Bruto (PIB) em 2010 e de 4,6% em 2011, segundo dados apresentados em seminário realizado ontem na instituição pela economista Sílvia Matos. No que diz respeito ao IPCA, a expectativa é de uma variação de 5,6% em 2010 e de 4,8% em 2011.

O recuo na inflação oficial de um ano para o outro ocorrerá, segundo as projeções da FGV, por causa da menor variação em serviços (de 7,4% projetados em 2010 para 5,9%) e no grupo de alimentos e bebidas (de 9,6% para 5,5%). Segundo Sílvia, o aumento do salário mínimo (que ela avalia que chegará ao patamar de R$ 550) no ano que vem será “mais ameno” do que este ano, o que possibilitará um alívio na inflação dos serviços.

Leia Também