Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

domingo, 17 de fevereiro de 2019 - 12h55min

Festival da latinidade será aberto hoje em Corumbá

28 ABR 10 - 19h:25

Sílvio Andrade, Corumbá

 

Apesar do muro invisível que ainda separa política e culturalmente o Brasil de seus vizinhos nessa fronteira seca, e da dificuldade em fazer ecoar um evento de grande magnitude pelo continente, o Festival América do Sul (FAS) chega a sua sétima edição com estrutura e programação mais compactas.

Os organizadores se esforçam em torná-lo um circuito de latinidade pelos palcos, ruas, praças e além dos marcos territoriais. Grandes expressões da música, das artes, da literatura e dos movimentos populares do Brasil, e de outros dez países latinos estarão presentes ao evento, realizado numa parceria entre o Governo do Estado e a Prefeitura Municipal de Corumbá.

O FAS 2010 será aberto às 19h de hoje, na Praça Generoso Ponce, centro histórico de Corumbá, que concentra, juntamente com o porto geral, grande parte da programação que seguirá até o dia 2 de maio. Haverá eventos na vizinha Ladário e também em Puerto Quijarro e Puerto Suarez, na Bolívia.

A cidade vive o festival e ganha uma megaestrutura com três palcos – o das Américas, na Generoso Ponce, onde acontecerá a cerimônia de abertura e entrega de homenagens; o Pantanal, no porto; e o Brasil, na Avenida General Rondon, onde também foi instalado o Pavilhão dos Países. Aqui, pode-se conhecer o artesanato, a literatura e a gastronomia latina.

O evento deste ano está orçado em R$ 1,5 milhão e traz como atrações nacionais os shows de Diogo Nogueira – que se apresenta hoje, às 21h, depois do show de mágica marcado para 20h – Frejat, Simone, Roberta Sá, Monobloco e Renato Teixeira. A programação inclui artistas latinos e regionais e ainda um encontro de chamamé.

Ainda hoje, no Palco Brasil, apresentam-se Juci Ibanez, às 21h e, em seguida, padre Vieira e Banda Amor Supremo, às 23h.

Os homenageados desta edição são a uruguaia Glória Levy, do teatro; Ignácio de Loyola Brandão, da literatura; Humberto Espíndola, das artes plásticas; Neide Garrido, da dança; Josephina Por Deus da Silva, uma das fundadoras do projeto Massa Barro de Corumbá, e os organizadores do Banho de São João.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

PREÇOS DOS COMBUSTÍVEIS

Após três quedas seguidas, gasolina volta a subir em Campo Grande

Etanol apresentou redução e diesel ficou estável, segundo ANP
Candidatos chegam mais cedo por preocupação com mudança no horário
CONCURSO PÚBLICO

Candidatos chegam mais cedo por preocupação com horário

Em janeiro, 490 empresas foram abertas em Mato Grosso do Sul
ECONOMIA REGIONAL

Em janeiro, 490 empresas foram abertas em Mato Grosso do Sul

Em MS, 12 escolas estaduais oferecerão aulas em tempo integral
ENSINO MÉDIO

Em MS, 12 escolas oferecerão aulas em tempo integral

Mais Lidas