Campo Grande - MS, sábado, 18 de agosto de 2018

Corumbá

Festival abre 3º dia de apresentações

29 ABR 2011Por Laís Camargo00h:01

A oitava edição do Festival América do Sul entra no terceiro dia de muito intercâmbio cultural e manifestações artísticas nas ruas da cidade branca. Aline Duenha expõe um pouco do que o festival representa para ela e fala sobre a importância da arte em tempos de rápida comunicação. A atriz apresenta hoje a peça "A Serpente", amanhã "Os Corcundas" na Bolívia e domingo em frente ao porto de Corumbá. Confira a entrevista e um trecho da peça:

Programação de sexta-feira (29)

Artesanato de Corumbá
8h às 18h - Casa do Artesão

Literatura

Quebra-torto com Letras
Café da manhã pantaneiro e bate-papo literário
Bate-papo América Musical
Convidado: Clayber de Souza
Lançamento dos livros
``Os pioneiros – A origem da música sertaneja de MS‘‘
com presença do autor Rodrigo Teixeira.
``O segredo da aprendizagem – transformando a rotina em ritual‘‘
com a presença da autora Jane Baruki Ferreira.
8h - Moinho Cultural Sul-Americano
Exposição de Artes Plásticas
Intentos Fallidos (Tentativas) - Adriana Salazar (Colômbia)
Banco Central Del Condor (Performance e Exposição) - Ricardo Benain (Venezuela)
Circulando em Outras Dimensões - Coord. Regina Carmona (Brasil)
8h às 20h- Casa Vasquez
Exposição interativa Estação Natureza Pantanal
Local: Estação Natureza Pantanal – Fundação O Boticário
9h às 11:20h e das 14h às 17:20h.

Oficinas

Lúdica
Criação de instrumentos musicais com material alternativo
Ministrantes: Músicos da Orquestra Jovem da Fundação Barbosa Rodrigues (Campo Grande – MS)
10h - Muhpan Museu de História do Pantanal

Exposição: Passa no Museu que a arte te abraça
13h às 18h - Muhpan Museu de História do Pantanal

Customização
Ministrante: Ana Maria Ferreira Lopes
14 às 17 horas - Clube Corumbaense

Feira dos Países e Feira de Artesanato
Mostra Internacional dos países: Paraguai, Bolivia, Chile, Equador, Venezuela, Colômbia, Uruguai e Peru.
Mostra Brasil de Artesanato: artesanato de Mato Grosso do Sul, Goiás e Paraíba.
Projeto Mãos que Criam – demonstrações de técnicas de artesanato com artesões do MS, GO e PB.
14 às 22h - Pavilhão dos Países - Praça Generoso Ponce

Galeria dos Homenageados
14h às 22h - Praça Generoso Ponce

I Festival Gastronômico Sabores das Américas
Aulas-show com degustações e renomados chef’s de cozinha do Brasil e exterior
15h às 20h - Centro de Convenções do Pantanal
Apresentação Orquestra Jovem da Fundação Barbosa Rodrigues
17h - Muhpan Museu de História do Pantanal

 

Palestras


Palestra interativa: Caminos Invisibles
Relato sobre o processo imigratório na América do Sul, Povos andinos no Brasil.
Palestrantes: Lenerson Polonini e Carina Casuscelli
15h - Centro de Convenções do Pantanal


Cinema

Mostra de Curtas da DF5 (Distribuidora de Filmes Fora do Eixo)
Cinema Falado com Thiago Dezan, representante DF5
Mediador: Candido Alberto da Fonseca, documentarista de MS
14h- Centro de Convenções do Pantanal

O Segredo dos seus olhos
Drama, 127 min, 2009 – Argentina/Espanha
Direção: Juan José Campenha
Elenco: Ricardo Darin, Soledad Villamil, Pablo Rago, Javier Godino
Sinopse: Benjamín Espósito (Ricardo Darín) trabalhou toda sua vida no Tribunal Penal, mas tem um grande sonho que vem atrasando: escrever um romance sobre um assassinato que ocorreu no ano de 1974, pelo qual ele foi responsável de investigar. Suas memórias sobre aquele ano irão transformar sua vida novamente. Oscar 2010 de Melhor Filme Estrangeiro.
Presença da atriz protagonista do filme Soledad Villamil.
18h - Centro de Convenções do Pantanal


Artes Cênicas nas Ruas - Teatro, Dança e Circo


Subversivos
Cia. Dançurbana (Campo Grande)
Coreografia e Direção: Marcos Mattos
Ensaiador: Thiago Mendes
Classificação: livre
Duração: 40 minutos
Sinopse: O espetáculo é fruto de resultados de uma pesquisa realizada pela Cia. Dançurbana sobre questões da criação coletiva, conceito e popular, relações sociais e etc., usando no seu processo investigativo o hip hop como ferramenta principal e suas possibilidades de criação. O estímulo aos sentidos, à percepção, à sensibilidade também são fatores que contribuem para que a dança seja instrumento de formação de indivíduos, tanto do público como dos dançarinos.
15h - Praça Central – Puerto Quijarro (Bolívia)

Duelo Especial – Touro Encantado x Touro Bandido
Grupo Desafio do Touro Candil (Porto Murtinho/MS)
Classificação: Livre
Duração: 40 minutos
Sinopse: O espetáculo é um misto de crenças, costumes, religião e o colorido das fantasias. O desempenho dos grupos, que representam os Touros Bandido, simbolizado pela cor verde e Encantado, simbolizado pela cor amarela envolve e encanta na tentativa de convencer o público sobre quem é o legítimo filho do Touro Candil.
15h - Praça Central – Puerto Suarez (Bolívia)

Baú de Histórias
Cia Ópera na Mala (São Paulo/SP)
Atores: Cris Miguel e Sergio Palmiro
Classificação: Livre
Duração: 55 minutos
Sinopse: A Companhia traz a magia dos contos de fadas, mitos e lendas de várias partes do mundo e contos de tradição oral. Personagens como o Contador de Histórias e a Princesa do Castelo, Pedro Malasartes e Dona Velha, Don Quixote e Sancho Pança entre outros saem de seus baús para contar suas histórias. Utilizando bonecos de várias técnicas, teatro de sombras, e muita música executada com instrumentos típicos a dupla de contadores traz um pouco da cultura dos países de origem das histórias de forma dinâmica e bem humorada.
16h30 - Praça da Independência

Ballet Stagium - Ensaio Aberto
Duração: 60 minutos
Classificação: Livre
17h30 - Porto Geral

As mentiras que os homens contam
Cia Teatral Atuantes (Corumbá/MS)
Adaptação e criação: Mauro Palmeira e Will Schimitt
Direção: Dilson de Souza
Classificação: Livre
Duração: 40 minutos
Sinopse: A Companhia adaptou o livro de Luiz Fernando Veríssimo, levando para a cena toda a irreverência de sua obra, mostrando de forma cênica um tratado da mentira no cotidiano de todos nós.
18h30 - Palco Pantanal

José Gaspar (La Soledad del Poder)
Grupo Teatral Arte Total (Paraguai)
Autor: Hernán Jaeggi
Direção: Gustavo Illutovitch
Atuação: Jorge Ramos
Classificação: 16 anos
Sinopse: O espetáculo é um apelo apaixonado que defende com fortes argumentos o ditador perpétuo do Paraguai, José Gaspar Rodríguez de Francia (1756-1840), justificando suas ações e apelando para a ingrata solidão de um poder como o dele. “José Gaspar” revela um pouco da história do Paraguai e mostra a transformação de um povo trabalhador que foi vítima da crueldade sob o jugo de uma ditadura sem precedentes. Ator e personagem são um só em cena. Jorge Ramos é absolutamente convincente encarnando o ditador paraguaio, um homem que desperta sentimentos de ódio e respeito em seu país. Um firme defensor de uma independência e de um nacionalismo que parecem não ter mais sentido hoje em dia
20h - Espaço Cênico – Teatro do Colégio Santa Tereza

A Serpente
OFIT - Oficina de Interpretação Teatral (Campo Grande/MS)
Autor: Nelson Rodrigues
Direção: Nill Amaral
Classificação: 16 anos
Duração: 60 minutos
Sinopse: "A Serpente", a última peça de Nelson Rodrigues, conta a tragédia de uma família. Duas irmãs, Guida e Lígia, que se casam no mesmo dia e resolvem ir morar na mesma casa. Enquanto Guida vive feliz e satisfeita com seu marido, Lígia vive a decepção de um casamento onde nem a primeira relação sexual é consumada. Os problemas começam quando Guida ‘tenta’ sua irmã oferecendo seu marido por uma noite, procurando solucionar a angústia de Lígia.
21h - Instituto Luiz de Albuquerque (ILA)

Intervenções Artísticas
Artistas de Rua
Classificação: Livre
Duração: 90 minutos
Sinopse: O Festival América do Sul traz para as ruas de Corumbá apresentações artísticas das mais diferentes áreas. Mágicos, palhaços, mímicos, músicos, entre outros, farão da rua o seu palco, alegrando os transeuntes com muito bom humor.
21h - Praça Generoso Ponce


Palco das Américas


19h - Agemaduomi
Talento, amizade e uma pitada de irreverência. Com esses ingredientes, em 1995 foi formado o grupo regional de choro Agemaduomi, carinhosamente facilitado para "Agema". Sempre com a proposta de pesquisar e divulgar o chorinho (estilo musical tipicamente brasileiro que nasceu no final do século XIX) o grupo, desde o primeiro CD, “Proezas”, lançado em 2002, procura inovar com arranjos novos e influência de grandes compositores, como Pixinguinha, Chiquinha Gonzaga e contemporâneos, como Jacob do Bandolim.

20h - Hermanos Corbalan
O duo formado pelos irmãos e músicos Sixto e Juan Jorge Corbalán, promete trazer o melhor da música instrumental paraguaia ao Festival. Consagrados harpistas, compositores e arranjadores, os Hermanos Corbalán já foram premiados em todo o mundo, tanto pelos seus trabalhos solos, como em dupla.

21h - Pedro Aznar
Nascido em Buenos Aires, Argentina, Pedro Aznar é um dos maiores expoentes da música latina contemporânea. Em 1978, formou com Charly García, David Lebón e Oscar Moro, o grupo Serú Girán, considerado pelo público e crítica como um verdadeiro mito na história musical argentina, influenciando várias gerações até os dias de hoje. Com o Pat Metheny Group, do qual foi multiinstrumentista e vocalista, ganhou três Grammys e fez turnês por todo o mundo. Hoje, se apresenta com banda própria, com a singularidade que ampla experiência nos estilos Rock, Jazz e música popular de raiz argentina permite.

22h30 - Casuarina
O Casuarina colocou na órbita do samba a juventude carioca, tornando o grupo um dos principais expoentes nacionais da nova geração sambista. Em seu novo DVD, o "MTV APRESENTA: CASUARINA", o quinteto traduz o conceito da famosa roda de samba. No festival em Corumbá, não há de ser diferente.
 

Leia Também