Sábado, 24 de Fevereiro de 2018

Fórmula 1

Ferrari fica contra realização de GP em Roma

16 DEZ 2010Por Gazeta Esportiva13h:25

A Ferrari reforçou o caráter polêmico que vem adquirindo na Fórmula 1 ao se mostrar totalmente contra a realização de um Grande Prêmio na capital italiana, Roma, indo contra as especulações de que um novo circuito será feito na Velha bota no futuro, ainda que o país já tenha o tradicional traçado de Monza.

Roma vem tentando melhorar sua estrutura para receber um evento esportivo de velocidade, preferencialmente uma prova de rua, já em um futuro próximo. No entanto, o GP de Monza tem um novo contrato para receber as provas da Fórmula 1 até 2016, o que só permitiria que a categoria realizasse duas provas em solo italiano.

Apesar disso, a Ferrari demonstra ter grande afinidade com o circuito de Monza, tanto que o diretor da escuderia, Stefano Domenicali, afirmou que não vê espaço na Fórmula 1 para duas provas a serem realizadas na Itália, ainda mais se levar em consideração as entradas das provas da Índia em 2011 e dos Estados Unidos em 2012.

"Nossa posição é muito clara e não deixa nenhuma lacuna de interpretação. Nosso esporte está expandindo o número de países recebendo provas e todos os times estão de acordo com a medida", afirmou Domenicali, em entrevista ao site oficial da Ferrari.

"Sendo assim, é inevitável crer que não será possível ter dois circuitos em um mesmo país. Não é trabalho das equipes escolher em quais países acontecerão as provas, mas sim da empresa detentora dos direitos comerciais. Tudo o mais é pura especulação", contou.

Leia Também