Campo Grande - MS, segunda, 20 de agosto de 2018

Ferrari cogita criação de categoria paralela à Fórmula 1

14 MAI 2011Por Gazeta Esportiva05h:30

O presidente da Ferrari Luca di Montezemolo disse nesta sexta-feira que está aberto a todo tipo de negociação para a manutenção da Fórmula 1 nos próximos anos. Com o contrato da empresa dona dos direitos da categoria, a CVC, expirando em 2012, além da possibilidade de compra do campeonato pela News Corporation, a escuderia italiana cogita até a criação de uma nova competição, por parte das próprias equipes.

"Nós temos que ser muito pragmáticos. No fim de 2012, os contratos de cada time com a CVC vão terminar. Então nós temos alternativas: nós renovamos com a CVC ou nós - os times de basquete fizeram isso nos EUA com bastante sucesso - criamos nossa própria companhia, como a NBA. Apenas para administrarmos as corridas e os direitos de TV", explicou em entrevista à emissora CNN.

O dirigente ferrarista, que frisou que os times terão muito tempo para analisar as propostas, também aproveitou para reclamar da forma como está a temporada 2011 que, em função dos novos pneus Pirelli, tem se caracterizado com corridas de muitas paradas e brigas decididas nos boxes.

"Nós fomos muito longe com elementos artificiais. É como se fizéssemos os jogadores de futebol usarem tênis para a chuva. Ter muitos pit-stops - entendam, eu quero competição, quero ver os carros na pista. Não quero ver brigas nos boxes. Na última corrida tivemos 80 paradas. Por favor, é muito", criticou Montezemolo.

"Temos muitos botões. O piloto está focalizado nos botões quando você tem autorização para ultrapassar. Fomos longe demais. A Ferrari vai pressionar bastante as autoridades - com respeito que temos pela federação e pelos outros times - para evitar que a F-1 vá tão longe assim", finalizou o chefe do time italiano.

Leia Também