Terça, 20 de Fevereiro de 2018

FÓRMULA 1

Fernando Alonso vence na Coreia e lidera no Mundial

24 OUT 2010Por YEONGAM, Coreia do Sul23h:59



O espanhol Fernando Alonso (Ferrari) venceu ontem em Yeongam, no Grande Prêmio da Coreia do Sul de Fórmula 1, a prova número 17 do Mundial, superando o britânico Lewis Hamilton (McLaren), em segundo, e o brasileiro Felipe Massa, também da Ferrari, que terminou em terceiro.
Alonso, que agora é líder da classificação geral, conquistou a primeira posição em uma prova cheia de surpresas, que começou com atrasos, precisou ser interrompida devido à chuva e na qual ocorreram vários acidentes.
Com esta vitória, o piloto espanhol assume o primeiro lugar da tabela, superando o australiano da Red Bull Mark Webber (231 pontos contra 220), que precisou abandonar a prova ao perder o controle do carro durante uma curva.
Hamilton, segundo na corrida, está agora em terceiro na classificação geral, a 21 pontos do novo líder, e terá que fazer todo o possível para vencer as últimas provas, no Brasil e em Abu Dhabi.
A boa surpresa da corrida foi protagonizada por Felipe Massa, que fez uma ótima corrida e terminou em terceiro, algo que não conseguia desde o Grande Prêmio da Itália, em Monza, no início de setembro.
Já Webber (Red Bull), que fazia uma temporada muito regular, na qual somou pontos em todas as corridas, exceto no Grande Prêmio da Europa, onde foi atingido por outro carro, terá agora mais dificuldade que nunca para conquistar o Mundial.
O dia negro da Red Bull completou-se com o problema mecânico do alemão Sebastian Vettel, que saía na “pole position”, mas teve que abandonar a corrida por um problema no motor na volta 45, quando assumia a liderança da prova e era líder virtual do Mundial.
O outro piloto da McLaren, o britânico Jenson Button, campeão atual, terminou a prova em 12º após calcular mal sua estratégia, fazendo sonho de conseguir dois títulos seguidos parecer impossível.
Ainda que matematicamente tenha chances de conquistar o campeonato, com 42 pontos a menos que Alonso suas possibilidades são muito pequenas.
O alemão Michael Schumacher terminou a prova em quarto, igualando seu melhor resultado deste ano. Já Rubens Barrichello (Williams) foi o sétimo.

Leia Também