Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

FELPUDA

Felpuda

Felpuda
26/04/2019 00:00 - Ester Figueiredo


Disputa pelos comandos de partidos está em alta e, inclusive, causando mal-estar em certas legendas, com ameaças de alguns integrantes de pegar a mala e a cuia. Em jogo, estão as eleições para prefeitos e vereadores no ano que vem, com olhos voltados para 2022. Quem mandar no time evidentemente se fortalece e tem a palavra final sobre a seleção que vai entrar em campo. Detalhe: pode, até mesmo, convenientemente, decidir ficar na reserva.
Ester Figueiredo

Felpuda


Em uma das eleições em MS, candidato já oficializado na convenção corria o trecho para conquistar os eleitores. Mal sabia, porém, que time do seu partido e de aliados estava tramando sua derrubada para emplacar substituto que teria mais votos. Por muito pouco, o dito-cujo não foi guilhotinado, conseguindo salvar o pescoço. Agora tudo indica que o mesmo processo estaria em andamento e seria mais fácil, pois a “vítima” desta vez ainda é só pré-candidato. Dizem que a “turma da trairagem” tem know-now no assunto.