Campo Grande - MS, domingo, 19 de agosto de 2018

Felpuda

31 AGO 2017Por Ester Figueiredo00h:00

O Tribunal de Contas de MS não vai deixar barato a ação do Gaeco de entrar às 5h30min no órgão para pegar contrato do Detran, que estava lá para ser analisado pelos conselheiros. “Bastava um ofício solicitando as informações”, afirmou um conselheiro. Agora, o TCE estuda suspender liminarmente todos os contratos terceirizados do Ministério Público do Estado, para apurar se há irregularidades.
O clima é de guerra!
Ester Figueiredo

Leia Também