Campo Grande - MS, segunda, 20 de agosto de 2018

Felpuda

8 JUL 2017Por Ester Figueiredo00h:00

E não há de ver que método utilizado por figurinha que hoje está fora de cena vem sendo copiado em gênero, número e grau? Os tais “defensores do indefensável” estão de plantão, visando atacar qualquer um que resolva fazer qualquer crítica. E todos são – olha só! – devidamente bancados com recursos públicos. Há até gente, digamos, graúda, prestando-se a tal tipo de “serviço”. Só o tempo dirá onde isso vai parar!...
Ester Figueiredo

Leia Também