Campo Grande - MS, sexta, 17 de agosto de 2018

TRADIÇÃO

Feira de Corumbá congrega cinco nacionalidades

17 ABR 2011Por MONTEZUMA CRUZ/CORUMBÁ00h:03

Pequena na estatura e de raciocínio rápido, Ema Galhardo, nascida em Oruro (Centro-Oeste da Bolívia) vende ervas, amêndoas e temperos há 30 anos. Veio da antiga feira no centro de Corumbá, a exemplo da maioria dos que ali se encontram. Simboliza a força e a ousadia da mulher nesse lugar que atualmente reúne comerciantes de cinco nacionalidades.
A Feira Brasil-Bolívia (Brasbol), no Bairro Aeroporto, completou 16 anos neste mês, com a celebração de missa em ação de graças pelo padre João Marcos Cimadon, da Pastoral dos Imigrantes, e confraternização entre os comerciantes.
Se quiser, poderá espichar o nome ou até mesmo trocá-lo, pelo fato de congregar argentinos, paraguaios, peruanos e os próprios titulares da grife – brasileiros e bolivianos. É quase sul-americana.

(leia mais no jornal Correio do Estado)

Leia Também