Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

26 DE AGOSTO

Fechamento de shopping prejudica emissão de RG

Fechamento de shopping prejudica emissão de RG
05/02/2014 00:00 - Daniella Arruda


Além de desalojar comerciantes, o fechamento do Shopping 26 de Agosto também prejudicou usuários do Posto de Identificação Central, que fica situado no primeiro piso do centro comercial. Por causa da desativação do prédio, a unidade fechou na segunda-feira, reabrindo de forma precária para o público somente ontem, por decisão da Secretaria Estadual de Justiça e Segurança Pública. A estimativa, extraoficial, é que em torno de 150 pessoas tenham deixado de ser atendidas.

O posto vai continuar funcionando no primeiro piso do centro comercial até a mudança das instalações para o Shopping Pátio Avenida, neste fim de semana. Até lá, usuários que procuram atendimento no local enfrentam escuridão, muito calor, pouco conforto e falta de acessibilidade. Cadeiras disponíveis para o público foram retiradas, somente as luzes internas do posto estão ativadas e os ventiladores ficam desligados, assim como o elevador. “Está meio assombrado”, comentou Rogério Santos Gonçalves, enquanto aguardava por atendimento para o filho, Matheus, tirar a primeira via da carteira de identidade.

“Aqui não tem ventilação, está no escuro, não tem cadeira para o povo sentar e estão só com três atendentes. Sem falar que estão violando a lei, porque não tem atendimento preferencial para idoso, nem mãe com criança de colo”, reclamou Fernando Silva Tinelle, marido de Estela Dávila Santos. Mesmo com agendamento eletrônico para as 9h, ela teve que aguardar mais de meia hora para conseguir a emissão da segunda via do RG, enquanto carregava o filho do casal, de um ano, nos braços.

Felpuda


A continuar disparando tantas críticas ácidas contradizendo o seu partido, que em nível nacional ganhou até um ministério, político cá dessas bandas poderá ser colocado de escanteio e, se continuar nessa cruzada nada palatável para as lideranças, ser convidado gentilmente a “procurar o caminhão do qual caiu”, como se diz no popular. Os comentários são de que o dito-cujo age assim mais para ganhar holofotes. Esqueceu-se, pelo que se vê, que poderá ocorrer curto-circuito. Ui!