MASSACRE

FBI identifica atirador que matou <br> 12 pessoas em estreia de 'Batman' </br>

FBI identifica atirador que matou <br> 12 pessoas em estreia de 'Batman' </br>
20/07/2012 12:00 - terra


O FBI identificou o responsável pelo tiroteio em um cinema em Aurora, no Estado do Colorado, como James Holmes, nascido em 13 de dezembro de 1987, segundos informações da BBC. O suspeito foi preso após abrir fogo durante a sessão de estreia do filme Batman - O Cavaleiro das Trevas Ressurge em uma sala de cinema do Aurora Mall na madrugada de sexta-feira. Pelo menos 12 pessoas morreram no massacre e dezenas ficaram feridas, segundo a polícia.

De acordo com testemunhas, o homem vestia uma máscara e abriu fogo aos 30 minutos do filme. Ele também teria atirado uma bomba de gás lacrimogêneo antes de deixar a sala. De acordo com a polícia, o homem estava armado com um rifle e duas pistolas.

Segundo a BBC Brasil, uma testemunha que estava dentro da sala atacada, chamada Pam, disse que 30 ou 40 minutos depois do início do filme um homem entrou pela porta direita que ficava perto da primeira fila. "Ele atirou no ar, então comeceu a ouvir o 'bang, bang, bang' de um revólver. Eu engatinhei, abaixada entre a fila de cadeiras, e por sorte estava perto da saída, então consegui escapar rapidamente. Ouvi mais tiros à medida que fugia", disse a testemunha. "Tenho quase certeza que ele estava usando uma máscara. Ele jogou um cilindro para o alto, podia ser uma bomba de gás, ou de gás lacrimogêneo", disse.

Após a tragédia, os dois candidatos à presidência dos Estados Unidos, o presidente Barack Obama e o seu adversário Mitt Romney, se disseram entristecidos e lamentaram o incidente.

smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".