Campo Grande - MS, segunda, 20 de agosto de 2018

Interior

Fazendeiro denuncia ameaça de índios em Antônio João‏

24 MAR 2011Por Edilson José Alves, de Ponta Porã08h:30

Um produtor rural de Antônio João denunciou na terça-feira à tarde que um grupo de oito indígenas tinha invadido sua fazenda e estava tentando abater cabeças de gado. Os invasores também teriam ameaçado de morte o produtor rural. Uma equipe da Polícia Federal de Ponta Porã foi até o local para acompanhar o caso.

Conforme as informações da Polícia Militar, por volta das 15h20min., de terça-feira, os policiais foram acionados para atender ocorrência na Fazenda Itá Brasília, onde o proprietário identificado pelas iniciais V.A.S., relatou que um grupo de indígenas tinha invadido a propriedade e estava tentando abater reses no pasto.

O fazendeiro disse que chamou a atenção dos indígenas depois que verificou que três vacas apresentavam cortes nas patas, que teriam sido provocados por golpes de foice. Ele relatou que os indígenas o ameaçaram e foram em sua direção, momento que conseguiu escapar, buscando refúgio na sede da propriedade rural.

Já em local seguro, o produtor telefonou para a Polícia Militar que enviou uma guarnição até o local. Os policiais constataram que o grupo estava sendo liderado pelos indígenas F.R.A., e G.E.R.G. Os acusados disseram que tinham entrado na fazenda apenas para pegar lenha.

Diante da situação, os policiais militares preferiram acionar a Polícia Federal de Ponta Porã, que enviou uma equipe composta por um delegado e seis agentes até o local. Conforme a PM, no final da tarde quando os federais chegaram os invasores já tinham deixado a fazenda.

Leia Também