Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

CIDADES

Família promove protesto contra a impunidade

Família promove protesto contra a impunidade
21/02/2010 07:47 -


A famí l ia de Rogério Mendonça, dois anos, morto a tiros após uma briga de trânsito, pelo jornalista Agnaldo Ferreira Gonçalves, promoverá um protesto contra a impunidade. A manifestação está prevista para quarta-feira, às 17 h, na Praça Ary Coelho, área central da Capital. O ato está sendo motivado pela decisão da 2ª Turma Criminal do Tribunal de Justiça, que concedeu habeas corpus ao acusado, permitindo que ele responda ao processo em liberdade. Agnaldo Gonçalves é responsabilizado pela morte de Rogério Mendonça, no dia 18 de novembro do ano passado, em meio a uma briga de trânsito, no cruzamento da Avenida Mato Grosso com a Rua Rui Barbosa, no centro. Ele teria discutido com o tio do garoto, que estava em uma caminhonete L- 200, contra a qual efetuou os disparos. Contudo, os tiros acabaram atingindo o menino e o pecuarista João Afonso Pedra, de 52 anos. O jornalista fugiu em seguida, mas depois apresentou-se à polícia. Preso por quase 80 dias, o empresário acabou sendo colocado em liberdade no último dia 8, por força de habeas corpus da 2ª Turma Criminal do TJMS, relatado pelo desembargador Romero Osme Dias Lopes. O processo encontra-se em trâmite na 2ª Vara de Crimes Dolosos contra a Vida e Tribunal do Júri. (TG)

Felpuda


Paixão política que extrapola o bom senso, chega nas redes sociais e se transforma em baixaria pode resultar em prejuízo no bolso. Isso foi o que aconteceu com autor de texto nada elogioso contra colega por diferenças em apoio a candidatos nas eleições de 2016. O dito-cujo foi condenado a pagar indenização de R$ 7 mil, com correção monetária e juros mensais a partir da publicação da sentença, além dos honorários advocatícios. Detalhe: os adversários daquela época hoje andam de braços dados. Pode?