domingo, 22 de julho de 2018

Cingapura-2008

Família Piquet ganha processo e recebe desculpas da Renault

7 DEZ 2010Por Gazeta Esportiva15h:15

A família Piquet foi declarada vencedora em processo de difamação contra a Renault, iniciado após a escuderia alegar serem mentirosas as acusações de armação no GP de Cingapura-2008, explicitada pelos brasileros em agosto do ano passado.

Desta forma, o time francês publicou em seu site oficial um pedido público de desculpas por seus comentários. "O time aceita que as declarações feitas por Nelson Piquet Jr. não são falsas. Também aceita que o Sr. Piquet Jr. e seu pai não inventaram aquelas alegações", destaca o comunicado.

Na ocasião, o então chefe do time, Flavio Briatore, afirmou que tudo não passava de chantagem dos Piquets para preservar a vaga de Nelsinho. Pouco após ser demitido do time, o jovem piloto revelou que bateu de propósito em Cingapura-2008 para beneficiar Fernando Alonso por ordens da escuderia francesa.

Após semanas de investigação, a Federação Internacional de Automobilismo (FIA) considerou que a armação foi realmente efetuada e puniu Briatore com a exclusão da Fórmula 1, decisão posteriormente minimizada para suspensão até 2013. O diretor de engenharia, Pat Symonds, foi condenado a cinco anos de afastamento da categoria. Os pilotos não foram punidos.

"Como uma marca da sinceridade do nosso pedido de desculpas e arrependimento, nós concordamos em lhes pagar uma quantia de indenização por calúnia, bem como os custos do processo, e nos comprometemos a não repetir estas alegações a qualquer momento no futuro", afirmou a Renault.

Advogado dos Piquet, Dominic Crossley disse através de comunicado que a decisão "marca o começo, em vez do fim, da longa jornada que a família está percorrendo para corrigir os erros do escândalo". Ele ainda ressalta que a reputação de "lenda du automobilismo" do tricampeão Nelsão deve permanecer "imaculada". Ele e também Nelsinho estão muito satisfeitos com o resultado do processo, ressalta.

Fora da Fórmula 1 desde então, Nelsinho Piquet busca construir carreira na Nascar, onde jamais um brasileiro foi campeão.

Leia Também