Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

ACIDENTE NA AFONSO PENA

Família de segurança morto pede indenização de meio milhão de reais

Família de segurança morto pede indenização de meio milhão de reais
21/01/2014 16:45 - Gabriel Maymone


A família do segurança David del Vale Antunes, morto em acidente na Avenida Afonso Pena, em maio de 2012, entrou na Justiça contra o universitário Richard Ildivan Gomide Lima, que conduzia um veículo Punto que atingiu a motocicleta em que a vítima estava. Um filho e a viúva da vítima pedem R$ 535 mil para reparação de danos materiais e morais.

A audiência de instrução e julgamento será realizada na quinta-feira (23), na 8ª Vara Cível de Campo Grande.

Segundo o advogado da família, Kalbio dos Santos, a ação na esfera cível foi protocolada em agosto daquele ano e pode ter um desfecho em breve. “Na audiência, o juiz vai ouvir testemunhas, colher provas e, se já estiver esgotados os recursos, ele tem subsídios para proferir a decisão”, informou.

Caso
O acidente ocorreu no dia 31 de maio de 2012, na Afonso Pena, em frente ao Shopping Campo Grande. O segurança saía do trabalho e estava voltando para casal. Ele estava parado no semáforo, quando foi atingido pelo veículo conduzido por Richard, que estava embriagado e em alta velocidade. O jovem ainda tentou fugir do local, mas foi detido pela PM.

O universitário chegou a ficar preso por cinco meses e sete dias, quando foi concedido pela Justiça o pedido de habeas corpus, no dia 7 de novembro daquele ano.

Na esfera criminal, o rapaz é acusado de homicídio doloso. A última movimentação do processo foi em junho de 2013. Não há expectativa para quando será o júri do estudante, que responde em liberdade.

Felpuda


O desgaste de antigas lideranças nacionais, com reflexo em nível local, é a maior preocupação dos dirigentes de partidos para as eleições deste ano, que terá reflexo em 2022. Em épocas passadas, essas figurinhas cruzavam os céus do País para visitarem os municípios e pedirem que a população votasse em seus ungidos. Agora, com pendências judiciais e poder enfraquecido, dificilmente seriam convidadas. A pandemia, que resultou no isolamento social, foi a pá de cal.