Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

campanha

Família de criança morta sem socorro do Samu pede ajuda

13 MAR 14 - 08h:39daniel campos

Conhecidos, parentes e amigos do garoto Heber Caio Ribeiro, 8 anos, que morreu sexta-feira passada, em Campo Grande, vítima de uma parada cardiorrespiratória, supostamente motivada por complicações alérgicas ao medicamento Torsilax, promovem uma campanha para arrecadar doações para a família do menino. A mãe dele chamou uma viatura do Samu, que não foi ao local, e o menino morreu num posto de saúde depois que o vizinho o transportou até lá.

Segundo informações dos parentes, após a morte do Heber, seu pai Robson Silva Ribeiro, 38 anos, vigilante que atuava como segurança de boate, está sem condições de retornar ao trabalho e, por não ter a carteira assinada, não tem seus direitos assegurados pelas normas trabalhistas.

Heber Caio era um dos sete filhos de Robson Silva. Quem for ajudar a família entre em contato com Andréia Chaves, 9287-0974, ou Adriana Barbosa, 9210-9561. 

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

BRASIL

Fortaleza: Bombeiros buscam sobreviventes em prédio que ruiu; uma pessoa morreu

ECONOMIA

Pan, BMG e Bradesco lideram ranking de reclamações contra bancos do BC

ECONOMIA

Superintendência do Cade decide arquivar inquérito contra bandeiras de cartões

BRASIL

Quadrilha desviava cartões de crédito remetidos pelos Correios

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião