Campo Grande - MS, terça, 21 de agosto de 2018

INSaTISFAÇÃO

Falcão, técnico do Inter, defende D'Alessandro

29 MAI 2011Por Da Redação13h:33

Geralmente aplaudido, o meia D'Alessandro deixou o gramado do Beira-Rio sob vaias da torcida aos 32 minutos, quando o Inter foi derrotado pelo Ceará por 1 a 0. Não foi algo maciço, ensurdecedor, mas aconteceram entre alguns aplausos. Apesar do ranço dos colorados, Falcão elogiou o meia e garantiu que ele só saiu por cansaço.

Apesar de estar oscilando nos últimos jogos, D'Alessandro continua como peça fundamental no Inter. De seus pés saíram as melhores tentativas na derrota para o Ceará. É exatamente isso que o comandante do meia elogia: sua proatividade.

"Ele foi bem, procurou o jogo, é um jogador de qualidade técnica. Ele não se esconde do jogo, e é uma grande vantagem dele. Muitos se escondem, ele sai e tenta. Mas é um jogador que pela função acaba bem marcado. Nos últimos minutos achei que ele tinha sentido o jogo e para tentar ter uma jogada de ponta coloquei o Oscar", avaliou Falcão.

D'Alessandro, após o jogo, falou e esclareceu qualquer início de suspeita que pudesse não ter gostado da substituição. Durante a semana, o jogador foi expulso de um treinamento por uma troca de ofensas com o zagueiro Juan. "A troca foi normal. Perdemos em casa, fomos mal e temos que melhorar. Posso sair como qualquer um no Inter", disse D'Ale.

O treinador reiterou que o Inter não teve uma atuação ruim diante do Ceará, apesar da derrota. "O time inteiro não foi mal, é o que fica para nós, não vi o time mal a ponto de ser criticado. É uma característica que temos que melhorar. E a gente tem que criar situações. Poderíamos ter ganho", lembrou Falcão.

Leia Também