Campo Grande - MS, quarta, 15 de agosto de 2018

Internacional

Falcão diz não ter grupo para vencer o Brasileiro

31 MAI 2011Por Gazeta Esportiva00h:00

A derrota para o Ceará, no sábado, fez os primeiros gritos de "burro" ecoarem no Beira-Rio. O Falcão que calçava chuteiras, que era craque com a bola nos pés, dificilmente ouviria tal tipo de hostilidade dos colorados. Mas o Falcão treinador escutou a insatisfação com o seu começo de trabalho. Em 10 jogos, o time perdeu três vezes, sempre em casa, sempre jogando mal.

Sem fazer o time evoluir em quase dois meses de trabalho, empilhando justificativas, o treinador deixou um pouco as respostas evasivas de lado e passou a se defender. Desde seu anuncio para o cargo, o ex-volante não escondia a necessidade de reforços.

Na sexta-feira, em sua entrevista coletiva, a questão foi sublinhada. Após ser batido na segunda rodada do Campeonato Brasileiro, Falcão foi mais incisivo ainda ao falar do grupo de jogadores que tem nas mãos, tirando, no momento, as chances do time ser campeão nacional.

"Temos que ter noção exata do time que a gente tem. Já passei para a direção o que eu penso do grupo. Precisamos ter mais jogadores, qualificar ainda mais determinadas funções. Entendemos que precisamos fazer isso. Não temos, hoje, um grupo em condições de ser campeão brasileiro", cravou Falcão em entrevista à Rádio Gaúcha.

O treinador citou Cruzeiro, Fluminense, Flamengo, Santos, São Paulo e Corinthians como clubes com um elenco mais preparado para erguer a taça do que o colorado. Nas próximas semanas, o plantel sofrerá mudanças significativas. Uma lista de dispensa foi montada e novas contratações deverão ser anunciadas. Novamente como reserva, o goleiro Lauro foi liberado para acertar com outro clube caso receba uma proposta satisfatória.
 

Leia Também