terça, 17 de julho de 2018

HOMOSSEXUAIS

Facebook faz acordo para combater violência

17 OUT 2010Por ESTADÃO19h:15

A Aliança contra a Difamação de Gays e Lésbicas (GLAAD) americana anunciou um acordo com o Facebook para lutar contra a homofobia e o assédio aos homossexuais na rede social, informou o Huffington Post.

A iniciativa vem logo após um polêmico caso de bullying na página que homenageia adolescentes homossexuais que já perderam sua vida. Está previsto para o dia 20 de outubro um evento em homenagem a esses jovens, em que os participantes devem vestir-se de roxo. A ideia conta com mais de meio milhão de manifestações de apoio dentro da rede social, mas também foi invadida por comentários preconceituosos.

O presidente da GLAAD, Jarrett Barrios, afirmou que “essa linguagem violenta e cheia de ódio não tem lugar em nossos meios de comunicação, seja em papel, pelo rádio ou TV, ou pela internet”. A organização afirma que recebeu mais de 1.800 e-mails contendo denúncias sobre o conteúdo publicado na página do Facebook.

“O Facebook deu um importante passo para fazer que a rede social seja um lugar onde a violência contra os gays não seja permitida”, completou Barrios.

Com informações da EFE

Leia Também