Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Rede social

Facebook é acusado de enganar programadores sobre segurança

14 AGO 12 - 00h:00Terra

O Facebook está sendo acusado de enganar programadores depois de ser revelado que a maior rede social do mundo não tomou quaisquer medidas para verificar a segurança de aplicativos para os quais recebeu milhares de dólares em troca de análises que nunca foram feitas, apesar de os usuários terem sido informados do contrário. As informações são do Guardian.

Uma investigação da Comissão Federal de Comércio (FTC, na sigla em inglês) revelou que o Facebook não analisou os aplicativos - em um sistema que não está mais disponível desde 2009. Quase US$ 100 mil teriam sido pagos para que os programas fossem marcados como verificados no site. No total, 254 desses programas receberam a distinção.

O Facebook havia garantido que os aplicativos apenas receberiam o status de verificado, que garantia diversos benefícios, depois de um "detalhado processo de análise" que garantiria a segurança dos usuários. A rede social entrou em um acordo com a FTC para ser alvo de fiscalizações independentes pelos próximos 20 anos.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

BRASIL

Odebrecht assina acordo para denunciar cartéis em obras de aeroportos

Empresas de transportes são autuadas por não concederem benefícios a idosos
OBRIGATORIEDADE

Empresas de ônibus não concedem benefícios a idosos

Tribunal suspende ação penal contra André, filho e advogado
LAMA ASFÁLTICA

TRF3 suspende processo
contra André Puccinelli

Semáforo fixo no verde causa transtornos; Veja o vídeo
CAMPO GRANDE

Semáforo fixo no verde causa transtornos; Veja o vídeo

Mais Lidas