quarta, 18 de julho de 2018

"História do Futebol Campo-grandense".

Exposição resgata história do futebol local

24 OUT 2010Por JAKSON PEREIRA01h:38

 

A história dos dois mais tradicionais clubes de futebol do Estado, Operário e Comercial, foi contada na manhã de ontem em uma feira cultural realizada na Escola Municipal Harry Amorim Costa, localizada no Bairro Nova Bandeirantes, em Campo Grande. Foi uma manhã em que a atual situação dos clubes foi esquecida e apenas a rica história de conquistas foi lembrada.

Seis alunos do 8º e 9º ano do Ensino Médio, entre eles filhos dos ex-jogadores do Operário na década de 80, Amarildo de Carvalho e Wanderley Perez, organizaram a exposição denominada "História do Futebol Campo-grandense".

"Os alunos não viveram a fase de glória do futebol, mas sempre ouviram de pais e familiares da importância que Operário e Comercial tiveram na história do futebol nacional e por isso resolveram fazer esta pesquisa", comentou o professor responsável pelo trabalho, David Nantes.

A exposição contou com quadros e fotos antigas dos times, camisetas, bandeiras e cartazes com a história dos dois clubes. Para a realização do trabalho, os alunos contaram com o auxílio da diretoria do Comercial e da torcida Garra Operariana. "É sempre bom mostrar um pouco da história do Operário, mais tradicional clube do Estado", disse Ricardo Braga, responsável pelo memorial da torcida operariana.

Emocionado, Amarildo de Carvalho, ex-jogador do Operário e atual técnico do Comercial, parabenizou a iniciativa. "É muito importante manter viva a história dos clubes. Os jovens precisam de incentivo para torcer para os times locais e essa exposição pode ajudar muito", comentou o treinador que é pai de dois dos alunos organizadores.

Para o estudante Luís Carlos Brandão, de 14 anos, a feira proporciona à comunidade conhecer um pouco mais sobre os clubes. "Fizemos uma pesquisa de tudo que os clubes fizeram e estamos tentando ajudar a resgatar a tradição dos times", afirmou.

 

Leia Também