Sexta, 23 de Fevereiro de 2018

EMBARQUES

Exportações de couros caem 12%

10 FEV 2011Por DA REDAÇÃO17h:09

As exportações brasileiras de couros e peles contabilizaram US$ 141,1 milhões em janeiro deste ano, uma queda 12% em relação a dezembro. Comparando as exportações de janeiro com as do mesmo mês dos anos anteriores verificamos um crescimento de 35% em relação a 2010 e de 92% em comparação a 2009, mas ainda uma queda de 23% ante janeiro de 2008 quando os embarques chegaram a US$ 183,49 milhões.

O cálculo é do Centro das Indústrias de Curtumes do Brasil (CICB), com base na prévia da Secretaria de Comércio Exterior (Secex), do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior.

“A receita apurada em janeiro foi o melhor resultado obtido neste mês dos últimos dois anos, mas está aquém das nossas expectativas de um volume médio mensal de US$ 160 milhões em 2011. Alem dos obstáculos como o problema cambial que prejudica principalmente a exportação dos artigos mais industrializados e do alto “Custo Brasil” ocorreu no ultimo trimestre do ano passado uma redução nos abates que também afetou o desempenho dos curtumes.”, explica o presidente do CICB, Wolfgang Goerlich.
Segundo o executivo, apesar dos problemas, a indústria brasileira do couro vem se esforçando ao máximo para recuperar a sua competitividade e conseguir em 2011 resultados superiores a 2010.

Um exemplo do esforço das empresas curtidoras são as iniciativas do programa Brazilian Leather, desenvolvido em parceria com a ApexBrasil –
Agência Brasileira de Promoção de Exportação e Investimentos, vinculada ao Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior.

“Além das missões e feiras internacionais que aproximam e dão visibilidade à indústria brasileira, também merece destaque a realização das duas edições do Fórum Internacional de Couro, em 2010 e 2011, durante a Couromoda, em São Paulo e o próximo World Leather Congress, em novembro, no Rio de Janeiro”, salienta o presidente do CICB.

Leia Também