Segunda, 19 de Fevereiro de 2018

DENGUE

Exército entra no combate à dengue mobilizando 120 homens

6 JAN 2011Por VIVIANNE NUNES10h:25

Pelo menos 120 homens do Exército de Campo Grande entram na luta contra a dengue somando esforços junto aos agentes de saúde da Capital a partir do próximo dia 17. A informação foi repassada pela secretária municipal adjunta de Saúde, Ana Lúcia Lyrio de Oliveira.

Os militares irão atuar nas mais diversas áreas da cidade para detectar possíveis focos do mosquito Aedes aegypt, o transmissor da dengue. Segundo informações da assessoria de comunicação do Exército, essa não é a primeira vez que os militares participam do combate ao mosquito da dengue.

A incidência da doença vem crescendo nos últimos anos e 2010 fechou com um balanço de 41.663 notificações e 22 mortos em decorrência da dengue em Campo Grande. Em meio a dados alarmantes e chuva constante, o reforço chega em boa hora. Agentes de saúde da Capital travaram uma guerra com o poder Executivo por melhorias saláriais e pelo menos 40% dos 800 agentes estão em greve em Campo Grande, o que causou revolta do setor, principalmente do prefeito Nelsinho Trad que resolveu cortar o ponto dos que não trabalharam nos últimos dias e recorreu à Justiça para fazer com que os trabalhadores voltem a atuar. A categoria estava em negociação com o poder Público e a data base para finalizar é no mês de maio. “Este é o pior momento para uma greve. É impossível compactuar”, reclamou a secretária adjunta.

Leia Também