Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

INFRAESTRUTURA

‘Exército’ da prefeitura entra em ação para recuperar a cidade

19 ABR 11 - 00h:02danÚbia burema

Equipes de limpeza, tapa-buraco e patrolalmento já estão trabalhando na recuperação da cidade dos estraos causados pela chuva. Os serviços foram iniciados na manhã de ontem logo após o anúncio do prefeito de Campo Grande Nelsinho Trad de que o "exército" montado deverá concluir os serviços até o aniversário da cidade, em 26 de agosto, portanto, em quatro meses. 

Morador do Jardim Ametista, região do Universitário, o metalúrgico aposentado Sebastião Rafael Galdino afirma que todas as galerias pluviais do bairro ficaram obstruídas. "É muito importante uma limpeza e ainda melhora a imagem do bairro".

O aposentado Valdevino Albino, 71 anos, também aprovou o trabalho das equipes. Ele contou que no bairro que recebeu a limpeza havia móveis velhos e lixo pelas ruas, criando ambiente favorável para o mosquito da dengue. "A gente cuida o quintal, mas aí na rua acho bom a Prefeitura cuidar", declarou.

Já o morador Waldemá José da Silva, 76 anos, avalia que a população deveria contribuir com a limpeza das vias para não sobrecarregar a administração. "Se cada um fizesse a sua parte limpando seu quintal e a frente da casa, não daria tanto trabalho para a Prefeitura", critica.

Lideranças de bairro

Várias lideranças de bairros acompanharam o anúncio das obras e confirmam que as ações previstas são realmente as principais necessidades dos bairros. Conforme a Prefeitura, serão executados serviços de tapa buraco, cascalhamento, patrolamento, iluminação pública, varrição, capina, roçada, limpeza de bueiros e bocas de lobo, sinalização viária e pintura de meio-fio.

Contudo, os líderes de bairros temem que as ações não cheguem aos locais mais necessitados. "Meu bairro está incluído, mas quero ver se vai chegar até lá. Não adianta arrumar o Centro e deixar a periferia sofrendo", defendeu o presidente da Associação de Moradores do Monte Castelo, Passine Britez.

Para a conselheira municipal pela região do Segredo, Vila Prates, o cascalhamento é imprescindível para o Jardim Colúmbia. "Vamos ver se dessa vez chega lá", duvidou.

Representante dos moradores do Nova Lima, Gonçalves Ribeiro de Souza, de 58 anos, diz que em seu bairro apenas o patrolamento não irá resolver a situação, pois a população reivindica asfaltamento das ruas.

No anúncio da obra, o prefeito pediu calma aos conselheiros municipais e lideranças de bairros que têm pressa pela chegada das equipes. Ele informou que o cronograma de ação que inclui 650 bairros deverá ser executado em no máximo 120 dias.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Confira o horóscopo desta segunda-feira
ASTRAL

Confira o horóscopo desta segunda-feira

CORREIO DO ESTADO

Confira o editorial desta segunda-feira: "Otimismo presente!"

ARTIGO

Gilson Cavalcanti Ricci: "A bela morena de 120 primaveras"

Advogado
OPINIÃO

Wagner Cordeiro Chagas: "O primeiros passos como Capital"

Mestre em História pela UFGD

Mais Lidas