Quinta, 22 de Fevereiro de 2018

Pedro Juan Caballero

Executado a tiros ao dar carona para mulher

9 NOV 2010Por EDILSON JOSÉ ALVES, PONTA PORÃ03h:05

Mariano Cabreira Quiñones, de 23 anos, foi executado a tiros na madrugada de ontem, no momento em que dava carona para uma mulher. O assassinato foi cometido por dois pistoleiros que ocupavam uma motocicleta. O crime aconteceu em Pedro Juan Caballero, perto da divisa com Ponta Porã, e um dos acusados já está preso. O segundo acusado, que seria um policial, também está identificado, mas o nome não foi revelado.

Ontem pela manhã, as informações divulgadas pelo setor de relações públicas da Polícia Nacional do Paraguai davam conta de que Quiñones foi executado a tiros no momento que estava dando carona para Sandra Minella, que instantes anteriores ao crime, teria tido uma discussão com uma pessoa não identificada pela polícia.

Sandra estava sendo levada para casa em veículo Voyage com placas JNA-2935, de Ponta Porã. Também estavam Gabriel Silva Quiñonez, Reinaldo dos Santos Silva e Evelin Walkiria Gamarra. Apenas Mariano foi atingido pelos tiros disparados pelos pistoleiros.

Um dos autores, identificado como Carlos Alen Garay foi preso em flagrante pela Polícia Nacional. Um segundo envolvido no crime seria um policial já identificado e que teria sido detido em sua casa e levado ao comando no centro de Pedro Juan Caballero, mas o seu nome não foi revelado pela polícia.

Leia Também