terça, 17 de julho de 2018

Fenômeno

Exame de DNA mostra que Ronaldo é pai de mais um menino

13 DEZ 2010Por R719h:34

Ronaldo se submeteu a um exame de DNA na última sexta-feira (06) que comprovou que ele é pai de mais um menino. Alexander, de cinco anos, é fruto de um relacionamento passageiro do jogador com uma brasileira em Tóquio, no Japão, em 2004.

A disputa judicial entre o jogador do Corinthians e Michele Umezu para o reconhecimento da paternidade durou dois anos.

Em entrevista divulgada pelo R7, Michele conta como foi o encontro entre pai e filho na clínica para fazer o exame.

Falei pro Alexander, dá um abraço no seu pai e ele foi já pulou e já deu um abraço, e eu acho que o Ronaldo... já deu uma cutucada forte no coração dele, eu acho e ele já sentou do lado. O Alexander já começou a conversar com ele, já ficou bem íntimo, já estavam se tocando.

No mesmo dia, o jogador comentou o encontro no Twitter.

- A vida nos surpreende.. depois da tristeza pelo jogo de ontem, hoje eu conheci o ALEX, uma criança linda, educada e saudável. Agora vamos aguardar o resultado do exame e assumir as responsabilidades e os prazeres que os resultados nos derem.

Após o resultado do exame, Ronaldo novamente expressou seus sentimentos no microblog.

- O resultado do exame comprovou o que meus sentimentos me mostraram na hora em que vi o Alex. Alex é meu filho, irmão de mais 3 crianças lindas como ele. E me terá sempre como pai para todos os prazeres e deveres. Seja bem-vindo.

Para Michele, a atitude do jogador foi inesperada.

- Fiquei surpresa de ele ter escrito assim de primeira mão. Achei que ele ia ficar meio de sigilo, meio de esperar as coisas acontecerem pra falar sobre o assunto.

A história de Michelle com Ronaldo começou durante a Copa de 2002, quando os dois se conheceram em um bar em Tóquio, no qual ela trabalhava como garçonete. No primeiro encontro, eles apenas trocaram telefones. Em 2004, quando ela tinha terminado um namoro,os dois se reencontraram e passaram a noite juntos.

- Depois de uns dez dias eu voltei com o meu namorado, ficamos dez dias juntos e voltamos de novo e a gente terminou, eu fiz o exame de gravidez e deu positivo.

O ex-namorado de Michele, um americano, fez exame de DNA e descobriu que não era o pai de Alexander, mas mesmo assim o registrou como filho. Michele nunca escondeu que Alexander tinha dois pais, o que o menino repete até hoje.

Michele nunca teve dúvidas de que Ronaldo era o pai, por isso entrou na Justiça, mas os advogados do jogador entraram com seis recursos para ele não fazer o exame. Agora, ele só concordou em se submeter ao teste de DNA porque, se não o fizesse, seria obrigado, pela lei, a reconhecer Alexander como filho legítimo.

Depois do resultado, Ronaldo foi questionado sobre o caso em uma entrevista coletiva.

- Sem dúvida, é uma benção de Deus, é uma pena realmente ter perdido essa convivência durante esses cinco anos, mas agora a gente vai recuperar esse tempo perdido. Alex é muito bem-vindo e enfim, mais um filho, mais uma benção e estamos muito contentes.

Além de Alexander, o jogador tem outros três filhos: Ronald, de dez anos, do primeiro casamento de Ronaldo, com Milene Domingues, e duas meninas - Maria Sofia, de dois anos, e Maria Alice, de oito meses – com a atual mulher, Bia Anthony. Ela também deu as boas-vindas pelo Twitter ao mais novo membro da família.

Leia Também