Domingo, 25 de Fevereiro de 2018

Caso Eliza

Ex-mulher de Bruno comemora liberdade com as filhas em MG

19 DEZ 2010Por R718h:52

Dayanne Rodrigues Souza, ex-mulher do goleiro Bruno Fernandes, solta na madrugada de sábado (18), comemorou a liberdade com as filhas ao chegar em casa na região da Pampulha, em Belo Horizonte. Ao lado do atleta e outros seis acusados, ela vai a júri popular para ser julgada pelos crimes de sequestro e cárcere privado do filho de Eliza Samudio, ex-amante de Bruno

Em reportagem, ela disse que não se arrepende de ter cuidado do filho de Eliza. Ela ficou presa durante 164 dias em um alojamento com outras 25 detentas.

- Se eu tivesse maltratado [o filho de Eliza], aí sim eu me arrependeria, teria motivos pra me arrepender. Mas, por cuidar, não me arrependo não. Minha mãe criou uma mulher, e não um monstro.

A ex-mulher do goleiro ainda revelou que dará apoio ao ex-marido.

- Meu coração não cabe rancor. O Bruno é pai das minhas filhas e se ele [Bruno] precisar de mim, eu vou estar do lado dele para apoiar e ajudar.

Além de Dayanne, Fernanda Gomes Castro, ex-amante do jogador, Elenilson Vitor da Silva e Wemerson Marques, o Coxinha, também foram soltos e responderão ao processo em liberdade, mas também irão a julgamento. Fernanda foi pronunciada por sequestro e cárcere privado de Eliza e de seu filho. Já Elenilson e Emerson responderão pelos mesmos crimes, mas cometidos apenas contra o filho da vítima. Todos os réus alegam inocência.

Leia Também