sexta, 20 de julho de 2018

TÊNIS

Ex-líder do ranking, Moya anuncia aposentadoria

17 NOV 2010Por ESTADÃO18h:57

O ex-líder do ranking Carlos Moya, de 34 anos, anunciou nesta quarta-feira que se aposentou do tênis. Uma série de contusões que o atrapalha desde o ano passado levou o espanhol a tomar a decisão. "Não é a maneira como eu sonhava encerrar minha carreira", lamentou.

A última partida oficial de Moya foi em maio, quando foi eliminado pelo alemão Benjamin Becker na estreia do Masters 1000 de Madri. Em seis competições neste ano, venceu apenas o italiano Filippo Volandri, em Buenos Aires, e o norte-americano Tim Smyczek, no Masters 1000 de Indian Wells. Assim, despencou para a 519.ª colocação do ranking.

Em seus 15 anos de carreira, Moya obteve grandes feitos como liderar o ranking em 1999. Também conquistou 20 títulos, entre eles Roland Garros em 1998, um ano depois do brasileiro Gustavo Kuerten conquistar o Grand Slam francês pela primeira vez. Ainda foi vice-campeão do Masters da ATP em 1998, ao perder a decisão para o seu compatriota Alex Corretja.

Moya ainda liderou a Espanha na conquista da Copa Davis em 2004. Na decisão contra os Estados Unidos, o espanhol venceu suas duas partidas, contra Mardy Fish e Andy Roddick.

Leia Também