terça, 14 de agosto de 2018

Ex-interno de Dois Irmãos é preso novamente por assalto e estupro

29 JAN 2010Por 07h:47
Beneficiado com o regime domiciliar determinado pelo Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul, Alcizino Valério dos Santos Júnior, 24 anos, voltou à cadeia sete dias depois de ter saído do Presídio de Dois Irmãos do Buriti (PDIB). Ele foi preso após ter ferido a tiro um trabalhador de 19 anos, durante assalto a um mercado na Rua Brigadeiro Tobias, Bairro Taquarussu, em Campo Grande. Antes disso, no último dia 20, data em que foi para casa, estuprou a ex-namorada, de 23 anos. Ela denunciou o caso à Polícia Civil e pediu medidas protetivas. Alcizino chegou ao estabelecimento comercial por volta das 18h30min de quarta-feira e pediu ao caixa quatro cartões telefônicos. Quando o funcionário lhe entregava a mercadoria, anunciou o roubo e exigiu todo o dinheiro que estava no caixa. O trabalhador reagiu dando um soco no rosto do assaltante. Eles começaram a brigar e então Alcizino disparou um tiro, que acertou uma das mãos do empregado do mercado. Uma terceira pessoa entrou no estabelecimento e conseguiu desarmar e deter o assaltante. A Polícia Militar chegou ao local e encaminhou o bandido à Delegacia Especializada de Pronto Atendimento Comunitário (Depac). A lcizino está entre os 85 presos que devem retornar ao PDIB, con forme nova determi nação do TJ/MS. Ele estava preso desde o início de 2006, quando se envolveu no latrocínio contra o jornalista André Luiz da Costa Felipe. Ele foi condenado a 10 anos de prisão por ter emprestado a arma de fogo de onde saíram os cinco tiros que mataram o rapaz. (NC)

Leia Também