quinta, 19 de julho de 2018

Ex-governador cobra a demissão de "serristas"

17 JAN 2011Por Maria Matheus00h:00

O ex-governador José Orcírio dos Santos (PT) defende a demissão, nos órgãos federais, dos peemedebistas que apoiaram a candidatura de José Serra (PSDB) à Presidência da República e do governador André Puccinelli (PMDB) à reeleição. "Vou defender os cargos federais para o PT e os aliados, o que não significa para mim", disse. "Acho que o PDT tem que ter cargo, o PV tem que ter cargo, o PCdoB tem que ter cargo e o PT, fundamentalmente, tem que ter cargo e não os do PMDB que apoiaram o Serra e o André".

Ele disse que, pessoalmente, não tem nenhum cargo em vista. Segundo reportagem do jornal O Globo, petistas derrotados nas urnas estão pressionando o governo para ocupar espaços nas diretorias de empresas estatais e bancos oficiais. Entre eles, José Orcírio, a ex-governadora do Pará Ana Júlia, o ex-ministro Patrus Ananias (MG) e os ex-deputados Carlos Abicalil (MT) e Paulo Rocha (PA).

Leia Também