Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

PERSEVERANÇA

Ex-engraxate está animado com curso de medicina: 'Sou o avô da turma'

Ex-engraxate está animado com curso de medicina: 'Sou o avô da turma'
16/03/2014 14:45 - g1


O ex-engraxate Jeová David Ferreira, de 58 anos, está animado com o início do terceiro período do curso de medicina, em uma faculdade particular de Rio Verde, no sudoeste de Goiás. Apesar da rotina puxada, com aulas durante praticamente todo o dia e poucas horas de sono, o universitário não reclama e festeja o bom convívio com os colegas: "Sou o avô da turma", diz.

Jeová é bancário aposentado e se formou em Ciências Contábeis, mas, antes, trabalhou engraxando sapatos em Goiânia. Ele afirma que lidar com a diferença de idade em relação aos demais estudantes sempre foi "muito tranquilo". Seu colega mais próximo é um jovem de 18 anos, exatamente 40 anos mais novo que ele.

Após 35 anos sem estudar, ele resolveu voltar novamente para a sala de aula em busca da carreira que sempre almejou. "Sempre quis medicina, é um sonho de infância. Mas quando comecei a trabalhar no banco, pensei: primeiro tenho que sobreviver, depois sonhar", afirma.
Mudança

Com a aprovação no início de 2013, Jeová teve de enfrentar mudanças para se adequar à situação. Como não passou no vestibular da Universidade Federal de Goiás (UFG), ele resolveu se mudar para Rio Verde, onde atualmente mora sozinho. O valor mensal do curso é de R$ 3,2 mil 

O principal apoio ele recebe da família, que pouco vê por causa dos estudos. "Mantenho a mesma rotina de quando eu fazia cursinho. Quando chego em casa, continuo estudando. Deito às 23 horas e acordo às 5 da manhã, de domingo a domingo. Em cinco anos, vou ser pediatra", diz.

O universitário conta que a última semana na faculdade foi reservada para a aplicação de provas. Para se sair bem, ele revelou que aproveitou um período onde muita gente se diverte para se preparar melhor. "Passei o carnaval inteiro estudando. Cada semestre o curso está mais difícil e gosto de levar a sério. Da minha turma passada, por exemplo, três colegas reprovaram", diz.

Apesar de ter que se dedicar integralmente aos estudos, Jeová salienta que nunca pensou em desistir do sonho. "Aprendi desde criança que se alguém conseguiu, você também é capaz. Só vou desistir quando for doar meu corpo para o laboratório de anatomia", brinca.

Filhos

Divorciado, Jeová tem três filhos já formados. Os dois homens seguiram caminhos diferentes do pai. Um deles é administrador de empresas e o outro, advogado. Já a filha caçula começou a partilhar o mesmo sonho do ex-engraxate, mas não seguiu em frente.

"Minha filha chegou a passar nos primeiros lugares para medicina. Ela fez dois anos do curso, mas depois abandonou e se formou em relações internacionais", lembra.

Felpuda


Sindicalista defende o fim de mordomias e privilégios dos políticos e dos integrantes de outros Poderes, conforme divulgação feita por sua assessoria. Para ele, está na hora de se colocar um basta nessa situação, questionando, inclusive, o número de parlamentares e de assessores. Entretanto, não demonstra a mesma aversão por aqueles dirigentes de sindicatos que se perpetuam no poder e que comandam mais de uma entidade, assim como ele. Afinal, o exemplo deve vir de casa, né?