AMAMBAI

Ex-detento é baleado e dois são presos por tráfico

Ex-detento é baleado e dois são presos por tráfico
18/08/2012 09:00 - A GAZETA NEWS


Uma operação de combate a vendas de drogas desencadeada pela Polícia Civil resultou em um ex-detento ferido a tiro e na prisão em flagrante de dois homens por tráfico de drogas ontem (17) em Amambai.

Durante operação, que teve início no meio da tarde e se encerrou no início da noite, os policiais apreenderam maconha, crack, arma e material usado para embalar e consumir drogas.

Toda a ação começou quando policiais lotados na Delegacia de Polícia Civil de Amambai, após trabalho de investigação, tentaram abordar um ex-detento de 27 anos, que supostamente estaria mantendo um sistema de “disk drogas”, na cidade.

De acordo com a polícia, no ato da abordagem, que aconteceu na região do Parque da Cidade Muriama Mascarenhas, região da Vila Crepúsculo, o acusado, Gustavo Vargas Rodrigues, que estava em uma motocicleta Honda Biz cor azul, placa HRK 1520 de Campo Grande-MS, teria reagido, sacado de uma arma e disparado contra os policiais.

A polícia revidou e o acusado, que já havia sido preso em 2007 com mais de R$ 4,6 mil reais em notas faltas e voltado a ser preso em 2008 por tráfico de drogas acabou ferido com um único tiro na cabeça.

Com Gustavo os policiais encontraram uma pistola calibre 9mm de fabricação alemã com numeração raspada, munições intactas no carregador e mais munição deflagrada no chão, assim como drogas.

Outras prisões

Após a ação, que culminou com o acusado ferido, os policiais se dirigiram até a quitinete onde o ex-detento, que estava em liberdade condicional, residia em companhia de Valdenir Barbosa, também conhecido por “Nego Bala”, de 24 anos. Este, em 2006, foi preso acusado de assalto a mão armada em Amambai e atualmente está no regime semiaberto do EPAM (Estabelecimento Penal de Amambai). Ele disse desconhecer a existência da droga.

Na mesma ação os policiais encontraram em outro quarto da quitinete, também alugado ao detento do regime semiaberto do EPAM, Jacson da Silva dos Santos, de 20 anos, mais pedras de crack e uma porção de maconha. Ambos foram presos.

smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".