NA RUA

Ex-cunhado de Cachoeira é solto após pagar fiança

Ex-cunhado de Cachoeira é solto após pagar fiança
24/07/2012 00:00 - AGÊNCIA BRASIL


O ex-cunhado do empresário Carlinhos Cachoeira, Adriano Aprígio, foi solto no final da tarde de ontem  (23) do prédio da Superintendência da Polícia Federal em Goiás após pagar fiança de R$ 10 mil.

Aprígio estava detido desde o dia 6 de julho acusado de enviar um e-mail ameaçador à procuradora Lea Batista de Oliveira, que atuou nas investigações contra suposto grupo criminoso chefiado por Cachoeira. Na mensagem, encaminhada em junho, o remetente anônimo se mostrava inconformado com a dura atuação do Ministério Público no caso.

Investigações da Polícia Federal identificaram que a mensagem veio do computador do ex-cunhado de Cachoeira. Aprígio admitiu que mandou a mensagem e alegou que enviou o e-mail para “desabafar”.

smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".