sexta, 20 de julho de 2018

Ex-baterista processa Ivete Sangalo por direitos trabalhistas e agressão

13 DEZ 2010Por UOL13h:36

O ex-baterista da Ivete Sangalo, Antônio da Silva (Toinho Batera) está processando a cantora em R$ 5 milhões. O músico, que foi demitido em abril, afirma não ter recebido direitos trabalhistas nos mais de dez anos que trabalhou para ela.

O processo ainda inclui um pedido de indenização de R$ 500 mil. O baterista afirma que Jesus Sangalo, irmão de Ivete, o agrediu com soco.

A empresa de Ivete Sangalo afirmou que aguarda o julgamento para se posicionar.

A informação é da coluna Mônica Bergamo, publicada na Folha desta segunda-feira (13).

Leia Também