Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

DESISTÊNCIA

EUA, França e Reino Unido desistem de prévia em apoio à Ucrânia

EUA, França e Reino Unido desistem de prévia em apoio à Ucrânia
02/03/2014 22:00 - FOLHAPRESS


Ao menos três dos oito países do G-8 anunciaram até hoje terem desistido de participar da preparação que ocorreria nesta semana para a reunião do grupo em junho em Sochi, cidade russa que recebeu em fevereiro as Olimpíadas de Inverno. A decisão foi tomada em solidariedade à Ucrânia, segundo os países Estados Unidos, França e Reino Unido já anunciaram suas desistências. O Canadá afirmou que poderia boicotar a reunião. A exclusão da Rússia do G-8 é uma das sanções mencionadas entre as possibilidades de reação da comunidade internacional. Em 2014, a Rússia preside o G-8. 

No sábado, o presidente norte-americano Barack Obama anunciou a retirada dos EUA e advertiu que "a violação russa da lei internacional conduzirá a um maior isolamento político e econômico" da Rússia.

Uma fonte diplomática francesa disse neste domingo que a decisão foi ratificada numa reunião de crise entre o presidente François Hollande e o chanceler Laurent Fabius.
Também hoje, o ministro britânico das Relações Exteriores, William Hague, anunciou que o país suspendeu sua participação nas reuniões, antes de viajar a Kiev.

Criado em 1975, o G-8 originalmente reunia os seis países mais ricos do mundo: França, Alemanha Oriental, Itália, Japão, Reino Unido e Estados Unidos. O Canadá entrou para o grupo em 1976 e a Rússia foi admitida em 1998. Anualmente, os países do grupo reúnem seus líderes para debater os rumos da economia mundial.
 

Felpuda


Partido está aos poucos montando a que vem sendo chamada de “chapa do quartel”, pois os pré-candidatos são oriundos da caserna. Há quem diga que os dirigentes da legenda ainda estão querendo pegar carona no “fenômeno Bolsonaro”, esquecendo-se que o presidente, embora vindo da área militar, está na política há 30 anos e o seu programa de governo agradou 57,7 milhões de eleitores. Dizem que tchurminha será obrigada a adicionar mais ingredientes no currículo, senão...