Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, terça, 13 de novembro de 2018

Etiópia confirma morte do primeiro-ministro, mas não informa detalhes

21 AGO 2012Por agência Brasil09h:02

O primeiro-ministro da Etiópia, Meles Zenawi, morreu aos 57 anos, depois de enfrentar uma doença. Porém, não há detalhes sobre a doença que atacou e matou o primeiro-ministro. A Presidência da República da Etiópia informou apenas que Zenawi morreu em um hospital. O vice-primeiro-ministro etíope, Hailemariam Desalegn, vai assumir o governo do país interinamente.

Zenawi não era visto em público desde junho. Há informações que ele estava internado em Bruxelas, na Bélgica, em estado crítico. A data do enterro de Zenawi não foi divulgada. Foi organizado um comitê e decretado luto oficial no país.

No poder há mais de duas décadas, Zenawi assumiu o cargo em 1991, como líder do grupo de oposição que derrubou o então líder comunista Mengistu Haile Mariam. Ele também conduziu o processo de liberalização econômica que se deu na Etiópia a partir de então.

O governo de Zenawi foi marcado por uma guerra fronteiriça com a Eritreia entre 1998 e 2000 e duas intervenções militares na Somália – de 2006 a 2009, depois em 2011 - contra os chamados rebeldes muçulmanos shebab.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também