Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Assine a Newsletter

ETH e Brenco vão unir operações no Brasil

18 FEV 10 - 06h:55
A ETH Bioenergia, companhia de açúcar e álcool do conglomerado Odebrecht, e a Brenco vão anunciar hoje acordo para unir suas operações, criando uma das maiores companhias globais do setor. O presidente da ETH, José Carlos Grubisich, e o presidente da Brenco, Philippe Reichstul, participarão do anúncio, em São Paulo, que eventualmente deve se configurar na compra da Brenco, que estava passando por dificuldades de caixa no ano passado e também chegou a negociar com a Petrobras. As empresas teriam uma capacidade combinada de processamento de 37 milhões de toneladas de cana por ano. A ETH, fundada em 2007, é o braço da Odebrecht para o setor de bioenergia e açúcar. Chefiada por Grubisich, expresidente da petroquímica Braskem, ela planejou investimento de R$ 6 bilhões no desenvolvimento de 3 polos de produção em São Paulo, Goiás e Mato Grosso do Sul. A trading japonesa Sojitz tem 33% do capital da ETH. A Brenco, comandada por Reichstul, ex-presidente da Petrobras, tem entre seus investidores Vinod Khosla, um dos criadores da Sun, e Steve Case, que participou do advento da AOL nos EUA. A Brenco tinha projeto de investir R$ 5,5 bilhões até 2015 para construir até 12 unidades industriais, que seriam reunidas também em três polos de produção. As duas companhias têm projetos para também gerar energia elétrica a partir da queima do bagaço de canade- açúcar.
Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Vistoria final para liberação do uso do Morenão deve ser feita na quarta
CAMPEONATO ESTADUAL

Vistoria final para liberação do uso do Morenão deve ser feita na quarta

INVESTIGAÇÃO

Mulher sai de motel correndo, tem surto no meio da rua e morre

Cocaína e remédio foram encontrados no quarto em que vítima estava com empresário
MEC diz que 143,7 mil participantes 'zeraram' em redação no Enem
RESULTADO

MEC diz que 143,7 mil participantes 'zeraram' em redação no Enem

Motoristas ignoram nova regra de proibição de conversão na 14 de Julho
TRÂNSITO

Motoristas ignoram nova regra de proibição de conversão na 14 de Julho

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião