Domingo, 18 de Fevereiro de 2018

combustíveis

Etanol perde vantagem para gasolina em postos

13 JAN 2011Por Cícero Faria, Dourados00h:00

Abastecer com etanol não é vantajoso para os donos de carros flex em Dourados. O preço do combustível subiu expressivamente nas últimas semanas com o início da entressafra das usinas produtoras. Nesta quarta-feira, a relação entre o álcool e a gasolina, comum ou aditivada, estava variando de 72% a 73% em vários postos da cidade.

Enquanto a gasolina podia ser encontrada por R$ 2,689 em  alguns estabelecimentos, o álcool hidratado saía por R$ 1,959. Neste caso, a proporção era de 72%, ou seja, era mais compensador abastecer com o combustível fóssil por ser mais econômico.

O  etanol gasta 30% a mais do que a gasolina e somente quando a relação for igual ou menor a 70% é vantagem. Lei estadual obriga os postos a exibir uma tabela com essa proporção para orientar os motoristas.

A região centro-sul do Estado possui varias usinas sucroalcooleiras, mas isso não garante etanol mais em conta por causa do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) de 25% cobrado pelo Governo do Estado, o que torna o produto menos competitivo em relação à gasolina.

Ontem, produtores de álcool se reuniram, em Ribeirão Preto (SP), com o representantes do  governo para discutir estoques e o abastecimento na entressafra. Segundo Antônio de Pádua Rodrigues, da União da Indústria de Cana-de-açúcar (Unica), a oferta para mistura à gasolina está garantida. No caso do etanol hidratado, ele admite ajustes de preço para equilibrar  o mercado.

Leia Também