Campo Grande - MS, domingo, 19 de agosto de 2018

Insetos

Estudo tenta provar que as formigas têm habilidade com os números

12 ABR 2011Por Folha23h:00

De acordo com pesquisa divulgada na revista Behavior por Zhanna Rezhikva e Dr. Boris Ryabko, formigas altamente sociáveis, como a formiga da madeira, conseguem fazer operações aritméticas simples e passar informações numéricas para os membros da colônia.

Um dos testes feitos pela dupla consistia em deixar comida em um determinado lugar de um labirinto e observar como os animais chegavam até ela. De acordo com o que foi visto, as formigas , presumidamente, passaram a informação sobre como encontrar o alimento para as companheiras da colônia. Os cientistas acreditam que, retirado o fator cheiro deste experimento, as informações tiveram que ser relacionadas à distância que elas deveriam percorrer ou quantos passos deveriam dar.

"Há muitas evidências de que a competência numérica está espalhada em uma ampla gama de espécies, tanto vertebrados quanto invertebrados. Aqui nós prestamos atenção especialmente na competência numérica das formigas. A razão para isto é que a maioria dos estudos existentes do processo numérico nos animais é restrita a observação de indivíduos. Ou usa um sistemas de comunicação artificial. Ao contrário disto, as formigas empregaram sua forma de se comunicar e assim não é necessário resolver nenhum problema de aprendizagem, como línguas intermediárias ou aprender problemas de múltipla escolha", explicaram os autores do estudo.

Peixes que contam

Um outro estudo, conduzido por pesquisadores da universidade italiana de Pádua, já tinha sido divulgado falando sobre a habilidade dos peixes em contar até quatro. Isso foi percebido ao colocar individualmente peixes de frente a dois grupos com quantidades diferentes de indivíduos. Os peixes conseguiram perceber o grupo maior e se juntaram a ele.

A escolha ficou confusa com grupos pequenos, mas acima de quatro integrantes. No entanto, quando a diferença de quantidade era grande, os peixes que tinham que escolher o grupo ao qual se juntariam conseguiam perceber de que lado estava a maioria e ficava ao lado deles.

Leia Também