Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

SISU

Estudantes comemoram aprovação

Estudantes comemoram aprovação
14/01/2014 00:00 - BEATRIZ LONGHINI


Mais de 8 mil estudantes comemoram aprovação nas universidades públicas de Mato Grosso do Sul. As vagas foram oferecidas em 191 graduações de quatro instituições: Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD), Universidade Estadual de MS (UEMS) e Instituto Federal (IFMS), por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu).

Giovana Rodrigues da Cunha, de 18 anos, é uma das estudantes que estão em festa. Ela passou 2013 se preparando para conquistar uma vaga no curso de Medicina da UFMS.

“Terminei o Ensino Médio em 2012 e já comecei a fazer o cursinho. Estamos todos muito felizes, porque eu fiz pouco tempo se comparada a outras pessoas”, disse. De acordo com ela, os estudos em escolas particulares contribuíram para a conquista.“Acredito que o cursinho é uma continuação do Ensino Médio. Decidi fazer Medicina naquela época e aí foquei nisso”, conta.

“Não sei nem dizer quantas horas passei estudando. Ficava o dia todo na escola, inclusive aos sábados e, quando chegava em casa, fazia redação”, completa. Ela afirma que redigia pelo menos três textos por semana. “Para passar, a pessoa precisa ler revistas de atualidades e treinar a redação. Sempre que podia eu tirava dúvidas e treinava”, disse. No meio do ano, ela também passou no vestibular de uma universidade particular e tentou uma vaga na UFGD.

Assim como ela, o sonho da estudante Rafaela Amadori, 17, se tornará realidade. Estudando em escola pública até o 1º ano do Ensino Médio, a jovem decidiu, juntamente com a família, matricular-se em uma instituição particular para garantir a faculdade. “Sempre quis fazer administração e passei direto. Fiz apenas um reforço para a matéria de Física, mas é uma conquista não ter precisado de cursinho”, afirma. “O material e os professores ajudaram muito”, enfatiza. As duas são de Campo Grande e vão assumir as vagas na UFMS.

Felpuda


As pré-candidaturas bizarras estão se espalhando nas redes sociais, nos perfis de quem acredita que esse tipo de “campanha eleitoral” poderá resultar em votos e até levar à conquista de uma vaga na Câmara Municipal de Campo Grande. Se antes isso era visto apenas no horário eleitoral na TV, agora está se espalhado como erva daninha nas redes. Como diria vovó: “Esse povo ainda se acha!” Afe!