Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

CONCURSO

Estudante terena é eleita Miss Indígena 2011

Estudante terena é eleita Miss Indígena 2011
20/04/2011 00:00 - DOURADOS NEWS


A estudante terena Suzeth Martins Freitas, de 18 anos, moradora na aldeia Jaguapiru, foi eleita miss indígena 2011. O concurso faz parte da programação em comemoração ao Dia do Índio, elaborada pelo Núcleo de Assuntos Indígenas da Prefeitura de Dourados e pela Unigran.

A primeira colocada recebeu a premiação das mãos do prefeito Murilo Zauith. A segunda colocada foi Edna Aêdo Jerônimo e a terceira Talita Ramos Machado.

Para eleger as três garotas, no concurso realizado na segunda-feira, foi criado um corpo de jurados formado por seis pessoas, sendo três indígenas e três não índios. Os jurados avaliaram quesitos como beleza corporal, simpatia, atuação na passarela, beleza/estética intercultural e cultura/costume/tradição. As candidatas fizeram duas apresentações aos jurados, sendo uma com traje social e outra com trajes típicos de suas respectivas etnias.

Suzeth Martins Freitas, a vencedora do concurso, tem 1,65 de altura e pesa 56 quilos. Pratica futebol, é torcedora do Santos e gosta de música gospel.

Edna Jerônimo, segunda colocada, é filha de pai terena e mãe guarani. Tem 18 anos, 1,65 de altura e pesa 50 kg. Pratica vôlei, gosta de sertanejo e também é torcedora do Santos.

A terceira colocada Talita Machado é terena, tem 19 anos, 1,60 de altura e 52 quilos. É torcedora do Corinthians.
 

O público que lotou completamente o salão de eventos da universidade assistiu ainda a uma palestra e várias apresentações de artistas índios, principalmente na área musical, e conheceu um pouco da cultura indígena através de danças típicas.
 

Felpuda


Tudo indica que o MDB não conseguiu convencer o PSDB de iniciar namoro com vistas a casamento nas eleições, e a ideia teria sido descartada. Os tucanos demonstraram que o problema deles não é o cargo: os emedebistas ofereceram a vaga de vice na disputa à Prefeitura de Campo Grande, a mesma cobiçada pelos tucanos, mas na chapa do PSB do atual prefeito. A questão, politicamente falando, seria, digamos, o oferecido “noivo”. Afe!