Sábado, 24 de Fevereiro de 2018

Estudante de Coxim é finalista em concurso nacional de geografia

14 OUT 2010Por Thiago Andrade15h:01



Quem poderia imaginar que saber a história dos índios brasileiros ou a localização de cada uma das capitanias hereditárias poderia trazer tantos benefícios? Cursando o 1º ano do ensino médio, a estudante Hérica Caroline Mathiel, de 15 anos, natural de Coxim, se classificou entre os 20 finalistas do Desafio National Geographic 2010 – Viagem do Conhecimento. Ela parte hoje, às 10h55min, em direção a São Paulo, para a etapa final da maior olimpíada de conhecimentos geográficos e históricos do País, promovida pela edição nacional da revista em parceria com a editora Abril.

Hérica sempre gostou das disciplinas de História e Geografia, no entanto, não sabia do concurso cultural até que um professor fez o convite aos alunos. “Nas escolas particulares ninguém era obrigado a participar, mas eu me interessei e resolvi fazer a prova. Fiquei em primeiro lugar na cidade”, conta a estudante.

Após conseguir se classificar na avaliação, a adolescente veio para Campo Grande, onde participou da etapa regional, competindo com estudantes de estados de toda a região Centro-Oeste.

Após fazer a prova, que contava com 25 questões de múltipla escolha e uma dissertação sobre os índios no Brasil, Hérica conseguiu uma vaga entre os finalistas. “Quando fiz a primeira prova, não tinha noção do tamanho da olimpíada. Nunca imaginei que teria que enfrentar mais de 20 mil alunos de todo o Brasil”, ressalta.

Desde a primeira etapa, realizada em junho, até a viagem de hoje, Hérica conta que estudou muito e procurou ir além do que é ensinado nas aulas. “Tem muita coisa que ninguém ensina, que a gente não encontra nos livros didáticos. Você sabe, por exemplo, o que é o albedo?”, indaga. Somente pesquisando a jovem estudante descobriu que se tratava da medida relativa da quantidade de luz refletida por superfícies.

A final será realizada de hoje a domingo, com diversas provas, que incluem visitações a museus e centros históricos da capital paulista. “Quero estar entre as primeiras colocadas, mas chegar aqui já é uma vitória e tanto. Estou feliz e isso com certeza refletirá muito em meu futuro”, descreve.

Leia Também