Segunda, 11 de Dezembro de 2017

Estudante atira e mata professor e segurança em escola de Moscou

3 FEV 2014Por otempo.com.br12h:54

Um adolescente entrou armado nesta segunda-feira (3) na escola onde estuda e matou um professor e um policial antes de ser preso pela polícia de Moscou.

Um policial que atendeu à ocorrência ficou ferido, assim como o jovem agressor. Nenhum outro aluno ficou ferido no ataque assegurou Karina Sabitova, porta-voz da polícia na cena do crime.

O alvo do atirador foi a Escola 263 de Moscou. Vladimir Markin, porta-voz da divisão investigativa da polícia local, disse que, segundo depoimentos colhidos, o jovem atirador era um aluno excelente e aparentemente sofreu um colapso emocional.

De acordo com as primeiras informações, o jovem apareceu na escola armado e um segurança tentou detê-lo. O segurança conseguiu soar um botão de alarme antes de correr atrás do estudante até o laboratório de biologia do 10º ano.

O estudante matou então um professor de geografia de 76 anos de idade e depois abriu fogo contra os policiais que responderam ao chamado antes de ser dominado e preso, relatou Vladimir Markin.

O jovem, cuja identidade não foi revelada, efetuou pelo menos 11 disparos com uma arma de baixo calibre. Também foi encontrada com ele uma carabina. As armas encontradas com o adolescente estavam registradas legalmente no nome do pai dele.

Informou-se inicialmente que, além do professor, um segurança teria morrido no ataque, mas a polícia depois informou que a segunda pessoa morta era um de seus agentes. O estado de saúde do policial ferido é grave.

Esse tipo de ataque é bastante raro na Rússia, mas o prefeito de Moscou, Sergei Sobyanin, ordenou uma revisão total do sistema de segurança das escolas da cidade para encontrar eventuais falhas.

Leia Também